Ofinicas de danças tradicionais

para fazer a inscrição envie um email para : rockdabaixamar@gmail.com

Pello Irurzun
Dia 8 de junho 19h00 – Apto para todos os públicos
Dia 10 de junho 15h00 – Apto para todos os públicos
Clube de Tavira
Duração: 90 min. aprox. | inscrição obrigatória | Gratuito

Professor de dança, com mais de dez anos de experiência em danças de todo o mundo, teve formação ao longo de mais de uma década com vários professores, formadores e coreógrafos de diversos países. É também Engenheiro Superior de Telecomunicações pela Universidade Politécnica de Madrid e Terapeuta Transpessoal. Actualmente combina a sua actividade de professor de dança com a de empresário informático e terapeuta.

Ana Silvestre
Dia 9 de junho 15h30 – Apto para todos os públicos
Clube de Tavira
Duração: 90 min. aprox. | inscrição obrigatória | Gratuito

Dá aulas e workshops de Danças Portuguesas e do Mundo. trabalha com crianças e adultos, em festivais folk, animações de rua, festas temáticas, eventos. Trabalha com música ao vivo ou gravada. Colaboradora na Associação Pédexumbo e Monitora de dança no grupo folk Aqui Há Baile.
Valsas Mandadas – Dança tradicional da Serra de Grândola. São danças cujo segredo está em “saber mandar”. Possui características que confirmam a sua singularidade: o homem posiciona-se de forma contrária aos moldes “tradicionais” em relação à mulher; o mandador faz parte de um dos pares do círculo de dança; e pode ainda haver vários mandadores numa mesma dança.

 

Anúncios

Aos Amigos do Festival

Para aqueles que gostam de participar activamente nestes eventos, propomos que dispensem um pouco do seu tempo para algumas tarefas neste Festival, em troca nós temos bilhetes para oferecer.

Então, por cada 3 horas que dedicarem ao Festival, ganham acesso livre ao mesmo e mais um bilhete que poderão oferecer aos vossos mais queridos.
Resumindo: 3 horas de voluntariado no Festival = jantar + acesso livre + 1 bilhete para 3 dias.

As tarefas a desempenhar são:
– Bilheteira
– Apoio ao bar;
– Controlo de entradas;
– Apoio aos workshops.

Caso queiram participar, enviem-nos um email (rockdabaixamar@gmail.com) com o vosso contacto (nome e telemóvel), a área em que pretendem colaborar e os horários preferenciais.

Aqui há Baile

Numa fusão entre o tradicional e o novo baile, os AHB convidam a uma viagem musical entre os sons do Alentejo e os sons de paragens tão diversas quanto as que acolhem um Funaná de ritmo quente ou um Círculo Circassiano da velha Europa. Uma viagem desde as Valsas mandadas do litoral alentejano a uma mazurca sussurrada aos sentidos. O CD editado em 2013 reúne músicos com percursos em diversos projetos musicais – fado, música clássica, rock e música tradicional. O Grupo Aqui Há Baile surgiu em Setembro de 2011 a partir do convite da PédeXumbo para dinamização do repertório Alentejano do caderno de Danças do alentejo, publicado pela Pédexumbo para baile.  Sérgio Cobos, diretor musical, reuniu um grupo de músicos com influência de diversas áreas; quatro pilares fundamentais da música, unidos pela dança, como são a música de raiz tradicional, o fado, a música clássica e o rock. Esta fusão e trabalho veio dar origem, em 2013, à edição do primeiro álbum – Caderno de Danças do Alentejo – adaptações.  A música, insaciável de si própria, historicamente, transforma-se uma vez e outra e Aqui há Baile é o novo passo na origem e na forma, na alma e na estética, na melodia e na dança.  A direção coreográfica ligada à música tanto na criação ou recriação do repertório como na orientação do público durante o baile é realizada pela professora Ana Silvestre. Porque AQUI HÁ BAILE, e se não há, FAZ-SE!

Os Bardos

Na Europa antiga eram aqueles que transmitiam histórias, mitos e lendas, cantando histórias em poemas recitados. Eram simultaneamente músicos e poetas e, mais tarde, seriam designados de Trovadores.
Somos os Bardos, um grupo de Amigos que gostam de tocar o reportório das músicas tradicionais europeias para dança, procurando redescobri-lo com todos aqueles que quiserem partir connosco nesta viagem.
O projeto conta com a participação do Jorge Wong na guitarra, a Lara Loureiro na voz, o Joaquim Rodrigues na viola de arco, o José Viegas na precursão, a Joana Oliveira na concertina, e o Pedro Fontoura na flauta transversal.
E se não nos encontrarmos aqui, talvez nos encontremos no coreto de um jardim, na clareira de uma floresta, ou numa pérgula junto ao mar.

Bilhetes

Outdoor

Começaram hoje a ser vendidos os bilhetes para o Festival. Podem ser adquiridos na Gelataria Delizia no mercado da ribeira.

O bilhete diário tem um custo de 5€, o bilhete para os 3 dias do Festival custa 7,5€.

Sérgio Cobos

Sérgio Cobos especializado em música e dança tradicional galega. É diretor musical e acordenista no projeto Aqui Há Baile. Bailarino e músico na peça “Fica no Singelo” da companhia Clara Andermatt. Toca acordeão no grupo MALA HERBA.

É um artista excepcional: músico, compositor, bailarino, pintor, ilustrador, contador de histórias, … Impulsionador das Valsas Mandadas!

Atua no Festival no dia 10 pelas 17h no Clube de Tavira.