Filipa Pais, Convidada Especial do concerto de dia 9 de junho

filipa pais.jpg

A nossa convidade especial, dispensa apresentações. Tem uma carreira longa onde já trabalhou com Vitorino, Pedro Ayres Magalhães, António Chainho, etc. Integrou ainda o projeto Lua extravagante e tem um disco a solo, “Estrela”.

Junta-se desta vez a alguns músicos de Tavira para interpretar alguns temas do repertório tradicional português.


Celina da Piedade  | 23h00, Palco Sérgio Mestre

[Portugal]

celina.jpg

Celina da Piedade é acordeonista, cantora, e compositora. Tem levado o seu acordeão e a sua voz até aos mais diferentes contextos, algures entre as formas e cores tradicionais, em viagens pelas memórias da música de raiz portuguesa e um sentir mais moderno e universalista. Quem já a viu em concerto reconhece-lhe o imenso carisma.

No seu trabalho a solo conta já com dois álbuns, “Em Casa” (Melopeia, 2012) e “O Cante das Ervas” (Melopeia e Jardim da Boa Palavra, 2014).


Os Mestiços | 22h00, Palco Sérgio Mestre

mestiços1

A banda Mestiços surgiu no Porto , em 2013. A formação da banda então contava só com os vocalistas Cabo-verdianos, Renato Monteiro e Gugazz. Mais tarde, lançaram o single “BO É” . Com o lançamento deste single vieram o construir o projeto, constituído por 5 elementos. A Banda já intitulada de MESTIÇOS viajando por vários estilos musicais.


Sara Gonçalves | 19h00, Palco Fado

sara goncalvesSara Gonçalves é uma demonstração de talento da nova geração de fadistas do Algarve.

“Quero ser cantora de fados. Desde petiz que ouvia no rádio do meu avô materno, os seus cantores preferidos, do blues ao jazz de Nat King Cole. Mas o que mais me fascinava eram os xailes das fadistas, que via passar na televisão, um após outro, juntamente com a minha avó, e que me faziam crer que aquele mundo do Fado era qualquer coisa de fascinante.”


Zé Manel Martins | 21h30 e 23h15, Palco Telmo Marroquino [Angola/Portugal]

ze manel

Músico e compositor, Zé Manel Martins, há muito radicado em Portugal, continua a fazer a divulgação do repertório musical de Angola e também do Brasil, das músicas já quase esquecidas mas que são marcas importantes das culturas.